terça-feira, 20 de maio de 2008

SHOW DE CIÊNCIAS: ESTRELANDO O PASTOR

Vagando pelo orkut e pela internet, deparei-me com esta pérola elaborada pelo renomado cientista, especializado em física, química e biologia em todas as áreas que essas ciências abordam.

O conhecimento do nosso "chair man" também é vastíssimo nas áreas de história, sociologia, filosofia e antropologia. Segundo consta em sua biografia, ele é graduado em psicologia, ramo excelente para exercer o seu ofício, pois parece conhecer muito bem a mente humana, seus medos e suas necessidades.





Onde esse sujeito estudou?

Quais os livros que eleescreveu nas áreas acima?

Quais cursos de extensão ele fez?

Quais as paléstras que ele tem ministrado nos campos acima?

Quais são seus trabalhos e pesquisas desenvolvidos nas áreas acima, mais especificamente no campo da Teoria da Evolução, Termodinâmica, Genética, Bioquímica, Evolução Humana, Fisiologia e Fiosofia?



Ora, resposta muito simples ele leu o maior de todos os compêndios científicos: a bíblia, não sei de que forma.










Aliás, me pergunto:

  • Será que ele entendeu o que leu?
  • Será que ele tem uma vaga noção do que é a bíblia e suas origens e o que ela traz em seu bojo?
  • Será que seus fiéis sabem o que se encerra e o que está além do relato bíblico?
  • Será que seus fiéis sabem do que se trata a ciência?
  • Será que ele com seu sequito pensam ser capacitados a discutir um tema tão complexo como Teoria da Evolução?


Vejam AQUI o show de ciências desse renomado cientista o qual detém cátedra em ciências naturais e humanas na mais importante universidade do mundo: a "Assembléia de Deus".


Escutem o que o nosso PHd diz a respeito da Teoria da Evolução aos seus brilhantes alunos, todos graduados e pós graduados nas mais importantes universidades do planeta Terra.

Pasmem... ele faz até citações de outros cientistas e trata até de Leis da Termodiâmica. Claro que nosso PHd não possui o mínimo conhecimento do assunto, principalmente no que se refere à entropia, assunto o qual trato aqui.


Faz uma abordagem brilhantemente tosca do princípio da causa e efeito, pautada inteiramente em falácias. Nesse ponto demonstra um péssimo conhecimento no campo da Filosofia Clássica e Moderna.

Até fala que o homem veio do macaco, demonstrando não entender nada a respeito de Teoria da Evolução, dirá de Evolução Humana e Genética de Populações.




A conclusão que chego de tudo isso é que nosso País vem sofrendo uma terrível onda obscurantista, principalmente nas camadas menos favorecidas da sociedade.





Tem-se deflagrado a religião cristã de modo incoerente e absurdo, tornando-a mais uma propagação da ignorância que uma busca pela felicidade do ser.

Sem embargo, esta atitude vai de encontro a tudo aquilo que Jesus, o principal ícone do cristianismo propôs, mas isso será tema de uma abordagem futura quando tratarmos da religião cristã.

Infelizmente, há muita má fé espalhada por ai e sujeitos pessimamente habilitados a se tornarem multiplicadores das crenças.











Aqui no Brasil tal prática é patente, no que diz respeito ao amontoado de seitas evangélicas que nascem dia-a-dia e suas absurdas interpretações a respeito do relato bíblico.

Devemos isso à pessima formação que vem sendo dispensada às crianças nas escolas, ou seja, a negligência com que o governo brasileiro tem tratado a educação média e fundamental e pelo espaço, sem qualquer controle, que tem cedido à religião, por razões meramente políticas.





Liberdade de crença e sua garantia são princípios basilares de nossa Constituição, bem como o direito a uma educação saudável e à informação correta também o são.

Um princípio não deve ser entendido como algo absoluto que dá liberdades de se fazer o que bem entender à hora que se desejar.

A partir do momento que um princípio passa a atentar contra outros princípios, eles deverão ser sopesados a fim de que se obtenha um denominador comum.





Não é o que ocorre no Brasil, pois fatos, como o aqui apresentados, demonstram o descaso no que se trata em divulgar uma educação qualificada, desde a infância, ao nosso povo, a fim de habilitar o indivíduo a se preparar para exercer uma profissão e evitar com que ele caia na arapuca de seitas sem mínimo de sentido e conhecimento sobre o que é o cristianismo e seus preceitos.


Essa é a razão de seitas absurdas se proliferarem entre as camadas menos favorecidas da população, onde é muito fácil de se aplicar o estelionato religioso e praticar a dominação pelo medo do pobre fiel, pouco ou nada esclarecido, de padecer no inferno por toda a eternidade.







Concluindo, juntemos ignorância, fanatismo, miséria e má fé da parte de um espertalhão e, com todos estes ingredientes, teremos a mistura perfeita para ódios, preconceitos, intolerâncias, segregações, combate à ciência, avanço da pseuodociência, censuras, controle sobre as escolas e meios de comunicação, perda das liberdades fundamentais e por fim a formação de governos teocráticos fundamentalistas, coforme ocorre, em boa parte, do atual mundo islâmico.


Desse modo, seria interessante que os governos Federal, Estaduais e Municipais melhorassem o nível das escolas, ensinando aos alunos o que é a verdadeira ciência e em que conssite um trabalho científico.

Também há que se considerar que a universidade não deveria se manter na atual redoma em que se encontra, completamente apartada da sociedade. A universidade deveria ser mais atuante e promover programas e feiras científicas de modo a ilustrar, desde cedo, as crianças e aqueles que buscam obter um pouco de conhecimento.

Infelizmente, o interesse para tal prática e zero, tanto por parte da própria universidade, como por parte de professores, de alunos, e do próprio governo.



Seria conveniente também que se tornassem mais rígidas as regras para se abrirem igrejas, bem como no que concerne a estas prepararem melhor seus membros, a fim de que possam, com mais clareza e discernimento e, menos ignorância e fundamentalismo, divulgarem a fé a qual são adeptos.





Assim, por não haver um papel de divulgação às massas por parte daqueles que detêm o conhecimento, pelo descaso de nossos governos e pela ausência de rigidez no que concerne ao conhecimento dos multiplicadores de crenças religiosas, é cada vez maior o quadro de ignorância da população brasileira, o que abre espaço para os absurdos como o "SHOW DE CIÊNCIAS" que aqui apresentamos.

Com isso, os espertalhões continuam aplicando seus golpes no pobre povo sem o mínimo de informação, a fim de se valerem da ignorância e da fé dessas pessoas, com o fito de, sob a máscara da palavra de Deus, disseminarem mais ignorância e assim garantirem seus próprios interesseses.




Tal prática se dá em detrimento dos verdadeiros preceitos de amor, sabedoria, compaixão, tolerância, compreensãoe pureza que se encerram nas religiões quando utilizadas de modo coerente, dentro de seu verdadeiro espírito, que é tornar o homem mais feliz e menos escravo da vida cotidiana.

Nessa fantástica abordagem, pastor, o senhor esgotou sua cota de proferir idiotices para o resto de sua vida.

O senhor é um assinte à inteligência humana e ao bom senso, além de uma ameaça ao conhecimento científico e á fé cristã.

Como um estudioso das ciências, me vejo na obrigação de denunciar e aqui protestar contra toda essa tolice que o senhor proferiu em sua brilhante palestra aos seus fiéis.

Pastor, vá estudar um pouco antes de dizer tantas asneiras e faça uma obra de caridade: use as verbas de sua igreja, que angaria de seus fiéis, para educá-los e enviá-os a uma escola descente e pare de encher a cabeça deles com repertórios de asneiras semelhantes ao acima abordado.


Pastor pare de propagar a ignorância e a estupidez, pois disso o Brasil já está repleto, entre todos os credos e camadas sociais.

Não precisamos da sua ajuda para ampliar essa fantástica empreitada a qual é patrocinada pelos nossos próprios governantes.




2 comentários:

Francisco disse...

Ótimo blog! Ótimas postagens.

E como digo: Pau neles.

Visite o meu:

http://francisco-scientiaestpotentia.blogspot.com/

Abraços

Sobre o ombro de gigantes disse...

Usar a ciência como artifício para sustentar o dogma religioso e o proselitismo, pode ter um efeito inesperado um alguns. Certamente o cântico de sereia do pastor atrairá muitos desesperados e iludidos, mas nesse meio, embora em minoria, haverá sempre algumas mentes capazes e dotadas de curiosidade suficiente para puxar o fio desse emaranhado de bobagens e pseudociência. Vivemos o início do fim dessas seitas e da religião, como diz Hitchens. A apelação para a verdade, onde não há verdade absoluta; onde a incerteza é medida em probabilidades e intervalos de confiança, não é o mundo prometido pelos pastores. Minha esperança é que o uso indevido dessa ferramenta traga conseqüências inesperadas para esses religiosos.

PS.: Um ilustre representante do criacionismo e conhecido nosso, anda meio “incomentável” em seu blog. Por que será? Você uma vez me disse que eles não agüentam muito tempo serem encostados na parede. Será isso?

Um abraço,